25 de janeiro de 2010

Texto tesudo trocado com Mister Charmoso

Depois de trocas de impressões com o Mister Charmoso (mistercharmoso.blogspot.com), resolvemos nós próprios imaginar como era se alguma vez nos encontrassemos. Não é que correu melhor do que esperavamos? O texto que lhe fiz está postado no dele.

Mister Charmoso - "Posso perguntar uma coisa? como me conheces tão bem? como sabes que gemo alto, que me adoro vir nas mamas. AMEI O TEXTO. És um espectáculo"

-----

Ola querida S. escrevo estas palavras imaginando, apenas imaginando...

  Ao saber que a tua festa iria se realizar no fim-de-semana resolvi
fazer uma loucura e ir ao teu encontro. Tinhas deixado a entender que
no fim da noite depois de partilhares a tua festa com os teus amigos
gostarias de me conhecer. Conhecer o mister charmoso, que se esconde
por trás de um blog que adoras seguir. Eu tinha passado a semana a
pensar nesse teu " convite" ousado e tentador. Descobrir a S.,
apaixonada e pecadora. Autora deste blog que eu sigo com mais que
atenção, com prazer e tesão...

Há hora combinada ligo-te e que surpresa. Além dos textos que me
cativam e excitam, tens uma voz que me seduz. Quente, e com as pausas
certas na entuação o que me deixa num estado visível de erecção.

Combinamos encontrarmo-nos num bar , algures pela cidade daí a 3 horas.
Já mais perto da madrugada, aguardo por ti no sítio combinado. Vejo
uma silhueta ao longe a caminhar em direcção meu carro. Cabelo preto
comprido, estatura média. Dando passos seguros mas com sensualidade,
sobre uns saltos altos bem fininhos( só de ver isto fico excitado).
Umas calças de ganga , que realçam um belo rabo e um decote que deixa
a descoberto umas maminhas bem gostosas. Gostei da forma como me
abordaste: " Boa noite, veio pôr em práctica as técnicas que escreve
no seu blog?" Respondo " Se a noite correr bem, verá que não escrevo
teorias, só aulas prácticas!" Desatámos os dois numa gargalhada e com
isto desarmámos qualquer nervosismo natural e inicial que podia
existir entre nós. Cumprimentámo-nos com os dois beijos da praxe e
seguimos o caminho do bar escolhido.

Era um local acolhedor, com música a médio volume o que permitia
conversar e trocar impressões. Falámos muito, da vida, dos blogs, de
experiências e de fantasias. Falámos muito mas observámos demais. O
teu decote fez as delícias dos meus olhos( escrevi no blog que adoro
mamas, será que fizeste de propósito?) e muitas vezes fui apanhado com
os olhos nas tuas mamas. Os meus lábios carnudos cativavam-te pois não
raras vezes em vez de me olhares nos olhos , me olhavas na boca(
cheguei a pensar ter a boca suja eheh). A distância entre nós foi
diminuindo conforme o teor da conversa aquecia. Experiências,
fantasias, fetiches, tesões reprimidas e vontades.

Recordo-me de estar a passar Kings of Leon quando te digo
" Aposto que o título desta música tem tudo a ver com o que sentes neste momento".
Duvidas e dizes:
"Será?". Arrisco tudo e digo
" Your SEX is on FIRE". Explodes numa risada monumental e dizes:
" Além de bom gosto musical és adivinho".
Trocamos um olhar cúmplice e damos as mãos pela primeira vez. Tens uma
pele suave e um toque quente o que me agrada. Sinto ainda mais o teu
perfume agradável, doce e fresco.

Aproximamo-nos perigosamente e
beijamo-nos deliciosamente. Os teus lábios são saborosos,
quentes,molhados e metes-me a língua pela boa dentro prometendo coisas
boas.Eheheh. Depois de alguns beijos trocados resolvemos sair dali.
Dentro do carro foi por demais evidente a tesão que se gerou entre
nós( não a trazíamos já conosco?). Os dois nos amassos, beijámo-nos,
apalpámo-nos, sentimos os nossos corpos quentes e tesudos. Resolvemos
ir para um motel entregarmo-nos numa noite de luxúria, tesão, explorar
nossos SEX ON FIRE.

Dentro do motel foi a maravilhosa e saudável loucura a dois.
Explorámos nossos corpos com cada cm de pele que tínhamos e cada gota
de suor rolou para dar e sentir prazer. Mal chegados explodimos numa
louca sessão de beijos de língua onde com as mãos tocávamos nossos
sexos. Adorei enfiar um dedo na tua cona enquanto te beijava. Depois
dois enquanto minha boca já percorria tuas mamas. Simulava foder-te
com os meus dedos e tu já ias gemendo alto.

Os teus gemidos excitavam-me e cada vez me sentia mais motivado a foder-te. Arranco-te
as calças num só movimento e enquanto te masturbo vou tirando também a
tua tanga. Meus dedos já estão encharcados do teu líquido e começo a
explorar-te com a minha língua. Sinto-te vibrar e latejar mas ainda
sem te vires, dou-te um beijo molhado só de língua e passo rapidamente
ao pescoço. Contorno todo o corpo e atiro-me às mamas.Uma de cada vez.
Um mamilo de cada vez dando pequenas dentadas e lambidelas. Quero-os
firmes, duros, espetados e rijos. Dizes
"Adoro teus dedos, fode-me mais..." .
Calma tesuda eu é que mando.

Exploro devagar minha língua no teu abdómen e o sentires que ela está quase no cona deixa-te louca.
Sinto-te ofegante e começo com a boca a explorar as coxas , pertinho
do teu vulcão. Meus dedos continuam a brincar com teu grelo e a
penetrar-te. Com minha boca vou assoprando para dentro da tua cona e
vou dizendo
"Queres que te lamba, puta? Queres que te foda só de língua?
Vem cabra fala com este cabrão tesudo
".
O chamar-te nomes pôs-te no céu e gritas:
"Não pares cabrão, dá-me a língua tesudo".

Aos poucos vou tocando com a ponta da língua na tua cona e no teu grelo.
Latejas e escorres dessa cona que está a ferver. Começo a lamber cada
vez com mais intensidade e sinto que estás a adorar. Pego na tua mão e
digo para tocares nas tuas mamas. Vou com meus dedos fodendo-te e com
minha língua massacrando teu clítoris com golpes tesudos e bem
saborosos. Com a cara encharcada enfio-a na tua cona e sinto que estás
quase a vir-te. Latejas, não paras quieta e pedes para te foder mais
depressa com os dedos. Fico todo molhado do teu leitinho e ficas
doidinha a esporrar-te directamente na minha boca,hummmmmm que delicia
de mulher,que maravilha de sabor.

Após te deixar descansar um pouco, levantas-te de um pulo e dizes:
"Vais sofrer pois vou torturar-te com minha boca e mãos".
Assim que começas a explorar meu corpo com tuas mãos tremo de prazer por sentir
que tesão está em níveis fora de órbita. Tua boca beija meu corpo de
um modo louco e diriges-te aos meus colhões pondo um de cada vez na
boca. Grito de prazer.
"Isso puta chupa-os".
Com a boca molhas-me o caralho com a tua saliva. Ui adoro quando me chupam cheio de saliva e
vais chupando só devagar, bem devagar. De vez em quando dás umas
bombadas bem fundo e quase que engoles estes 23 cm grossos e bem
tesudos. O teu broche vai-me deixando doido e interrompo pois não me
quero vir(para já). De tão rijo que o meu caralho está quero que o
sintas assim a enterrar-se em ti.

Vens para cima de mim e começas a cavalgar bem devagar. Ui senti ele
a entrar na tua cona e a rasgar cada cm de um vulcão quente e bem
tesudo. AHAHHHHHHHHH gemes tu enquanto ele se enterra e se adapta a
tua cona. Depois de já bem encaixados começas a acelerar cada vez
mais,"Anda puta monta" digo eu enquanto tu vais gemendo e gritando.
Que tesão me dão os teus gritos e ajeito-me de forma a enterrar-me
ainda mais em ti. Finco os pés na cama e fodo-te de forma a quando te
encaixas em mim sentires os 23 cm lá dentro. Gemes mais alto e latejas
da tua cona.

Começas a coçar o grelo e explodes num grito doido,
maluco e tesudo." CAAAAAABRRRRÃAAAAAAAAOOOOOO
FOOODEEEEEE, VENHO-MEEEEEE". Que loucura senti-te explodir e vires-te.
Ia jurar que tinhas tido dois orgasmos mas não posso garantir pois
estou demasiado doido contigo. Que prazer maluco me dás e só te
conheço há 3 horas.

Depois de sair dentro de ti, mando deitar-te de canzana e dizes:
"Ai agora é que me matas"
Respondo de pronto:
" Se morreres de prazer, morres feliz e a foder".
Ris-te de novo com força e viras-me essa coninha que já adoro e venero.

Espeto meu caralho em direcção á gruta do amor e começo bem devagar a enterrar-te. Vou
explorando cada bocadinho desse vulcão tão quente e a pingar de tusa.
Adoras e ficas doida com a forma carinhosa, meiga mas tesuda como te
fodo assim devagar.

Aos poucos entro e saio dela com mais força e para
marcar a diferença dou-te uma palmada na nádega e digo
"Agora é que vais ver o que é foder-te PUTA".
Mal digo isto acelero numa loucura de penetração, deixando-te sem fala e só a gemer.
Enterras a cabeça na
almofada e só gemes e gritas. AI AIIIIIIIIIIAHHHHHHHHHH. Já a pingar de
suor começo a acelerar mais e grito: AHHHHHHHHHHHHHHHHHH. Vou-me vir
todo caralho.

Esporro-me todinho e gritamos os dois tendo um orgasmo
ao mesmo tempo e explodindo em ambos os sexos, tua cona e meu caralho
latejando lado a lado.



6 comentários:

MisterCharmoso disse...

Que imaginação, que tesão, que foda que um dia iremos dar...haja tempo para nós...

Orquídea disse...

Lamber-te assim com esses pêlos todos, é divertido demais.

Bjs
E.

goti disse...

Ora aqui está um blog que está a ficar interessante,mas quanto à foto do Mister Charmoso esses pêlos não ficam nada mas mesmo nada bem, só atrapalham..rsrs
Beijos doces e alegres

Vontade de disse...

Haja vontade!

Ysl disse...

Muito tesão mesmo.
Beijos

Libertya... disse...

e viva a blogosfera!!!
bjs libertyos